Painel de Controle
(48) 3248-3500
 
 
História
 

A Associação Catarinense de Engenheiros - ACE, fundada em 24 de maio de 1934, busca congregar, representar e defender os interesses dos Engenheiros, estimular o desenvolvimento técnico e científico dos seus associados, integrar através de atividades culturais, sociais, esportivas e filantrópicas, a categoria profissional, promover a valorização da engenharia catarinense e, sobretudo, o desenvolvimento do Estado de Santa Catarina.

Homens ilustres iniciaram essa luta, dentre eles o engenheiro Haroldo Paranhos Pederneiras, responsável pela fiscalização na construção da Ponte Hercílio Luz, símbolo do nosso Estado.

Seu primeiro presidente foi o engenheiro Oscar de Oliveira Ramos e teve como sucessores os engenheiros Haroldo Paranhos Pederneiras, Heitor Ferrari, Thiers de Lemos Fleming, Domingos Emerich Bezerra da Trindade, Raul Olímpio Bastos, Cid Rocha Amaral, João Eduardo Moritz, Orlando de Oliveira Goeldner, David da Luz Fontes, Celso Ramos Filho, Georges Winkelried, José Correa Hulse, Valmy Bittencourt, Ayeso Campos, José Bessa, Cláudio Valente Ferreira, Hamilton Nazareno Ramos Schaefer, Mário Luiz Menel da Cunha, Nelson José Althof, Carlos Alberto Ganzo Fernandez, Otávio Ferrari Filho, Aníbal Borin, Francisco Duarte de Oliveira, Rubens da Silva Felipe, Dauzelei Beneton Pereira, Claude Pasteur Farias, Celso Francisco Ramos Fonseca, Nelson Bittencourt, Valmir Antunes da Silva, Abelardo Pereira Filho e atualmente Celso Ternes Leal.

É a ACE a mais antiga associação de classe da engenharia de Santa Catarina, congregando mais de 1000 (mil) associados, teve marcante participação na criação do CREA/SC, na Escola de Engenharia da UFSC, no Sindicato dos Engenheiros de Santa Catarina, na FEBRAE, na FECAEG e tantos outros.

Participou e tem participado também decisivamente em assuntos dos mais altos interesses da sociedade catarinense, como por exemplo a duplicação da BR-101, do Plano Rodoviário de Santa Catarina, da formulação do Plano Energético de Santa Catarina e na discussão do Plano Diretor de Florianópolis.

Suas ações têm sempre como objetivo atingir o que estabelece o seu estatuto, que em outras palavras busca o bem-estar da sociedade com melhor qualidade de vida. Dentre essas ações citamos, além das participações citadas, a defesa do meio ambiente, a luta pela aprovação do salário mínimo profissional para engenheiros.

Durante todos esses anos a ACE vem promovendo cursos, seminários, conferências, palestras e debates.

A ACE é membro do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Florianópolis, do Conselho Cerâmico Brasileiro, do Fórum Democrático da Cidade de Florianópolis, do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, da ComissãoProvisória para Implantação do Conselho Estadual de Prevenção contra Incêndio, no Conselho do Centro Empresarial para Elaboração de Tecnologias Avançadas - CELTA, do Fórum Catarinense pela Preservação da Vida no Trânsito, do Comitê de Bacia da Lagoa da Conceição.

Provisória para Implantação do Conselho Estadual de Prevenção contra Incêndio, no Conselho do Centro Empresarial para Elaboração de Tecnologias Avançadas - CELTA, do Fórum Catarinense pela Preservação da Vida no Trânsito, do Comitê de Bacia da Lagoa da Conceição.

Já são tradicionais os encontros sociais promovidos em nossa sede, jantares-dançantes e coquetéis, reunindo não só os associados e familiares, mas seus amigos, convidados e a sociedade em geral. Ressaltamos a realização de eventos e lutas em conjunto com outras entidades, buscando o fortalecimento da Unidade Catarinense.

Abaixo a primeira publicação de documento oficial da Engenharia feita pela ACE em 1934, cujo exemplar foi gentilmente doado pelo Engenheiro Picolli, de Itajaí, filho do Sócio-fundador da ACE, Engenheiro Ivo Canduro Picolli.

 
 
Registros Históricos
 
Imagem 02
Imagem 01
 
 
Revista da ACE
 
Edição Nº 145
Dezembro/2018