Painel de Controle
(48) 3248-3500
 
 
Palavra do Presidente
 

Há 81 anos, no dia 24 de maio de 1934, 26 abnegados engenheiros fundaram esta CASA.
A nossa Associação Catarinense de Engenheiros, ACE.

  

 Foram fundadores os engenheiros:

  1. Oscar de Oliveira Ramos;
  2. Vasco Henrique d’Ávila;
  3. José Rache;
  4. Celso León Salles;
  5. José Luiz Bottini;
  6. Cid Rocha Amaral;
  7. Annes Gualberto;
  8. Luiz Bernhauss de Lima;
  9. José da Costa Moellmann;
  10. João Acácio Gomes de Oliveira;
  11. Germano de Oliveira;
  12. Afonso Cardoso da Veiga;
  13. Carlos Beren Júnior;
  14. Salvador Poeta;
  15. Udo Deeke;
  16. Newton Costa;
  17. Ivo Cauduro Piccoli;
  18. Oriando de Oliveira Goeldner;
  19. Haroldo Paranhos Pederneiras;
  20. Sílvio de Miranda Freitas;
  21. Manoel Issler Vieira;
  22. Baptista Linhares da Silva;
  23. Paulo Diniz Carneiro;
  24. João Eduardo Moritz;
  25. Avídio Mello e;
  26. Roberto Guarrido Portela.

Considerada a mais antiga associação da classe dos engenheiros de Santa Catarina, hoje congregamos centenas de associados, foi o embrião de todo o sistema organizacional da engenharia catarinense. Teve importante presença na implantação do CREA-SC, onde estávamos vinculados a Regional do Rio Grande do Sul, na implantação das diversas Escolas de Engenharias da UFSC, no Sindicato dos Engenheiros de Santa Catarina (SENGE), na FECAEG, Federação Catarinense de Engenheiros e tantas outras instituições.

Participou e tem participado decisivamente em assuntos dos mais altos interesses da sociedade do nosso estado, como por exemplo: a duplicação da BR-101; o Plano Rodoviário de Santa Catarina; a formulação do Plano Energético de Santa Catarina; a discussão do Plano Diretor de Florianópolis; o Contorno Viário de Grande Florianópolis, chamada Alça de Contorno e o Acompanhamento da restauração da Ponte Hercílio Luz (nosso cartão postal), entre outros.

Suas ações têm sempre como objetivo atingir o que estabelece o seu estatuto, que é o de promover a valorização da engenharia, dos seus profissionais, e, sobretudo a busca pelo bem-estar da sociedade com uma melhor qualidade de vida.

A atual diretoria além de continuar com o legado deixado pelos colegas das diretorias anteriores, que souberam sobremaneira imprimir suas impressões digitais na formação do atual pensamento de associativismo de classe, que proporcionou a ACE o título de “Casa da Engenharia Catarinense”, que atuaram na promoção de diversos eventos de aprimoramento técnico profissional de reconhecimento nacional, pretende oferecer mais eventos sociais e criar iniciativas de aproximação com o universo acadêmico das engenharias da nossa região, com a criação da ACEJovem, nos moldes do CREAjr.

Na nossa gestão estaremos alertas e atuantes, como sempre foi tradição desta casa. Porém, adotaremos um novo posicionamento político construtivo, voltado para resultados, com posturas e proposituras institucionais.

Cobraremos veementemente das autoridades constituídas, do governador, dos secretários, dos prefeitos, seus compromissos assumidos para com a sociedade.

Assim, consciente dos compromissos que os engenheiros têm para com o bem-estar da sociedade, a ACE, Associação Catarinense de Engenheiros vai sempre estimular o debate das grandes questões para que ações necessárias para o desenvolvimento sejam efetivamente realizadas.

Este é o nosso maior desafio.

Para finalizar cito Jonh Calhoun Junior, emérito professor de engenharia de petróleo na Universidade do Texas nos Estados Unidos: “É responsabilidade do engenheiro estar atento às necessidades sociais e decidir como as leis da ciência podem ser melhor adaptadas através das engenharias afim de cumprir essas necessidades.

Muito obrigado!

Presidente Eng. Civil CARLOS KOYTI NAKAZIMA

 
 
Espaço da Presidência
 
Palavra do Presidente
Metas da Gestão
Balanço da Gestão
Calendário de Reuniões
Atas
 
 
Revista da ACE
 
Edição Nº 145
Dezembro/2018