NOTÍCIAS DA ACE

Após criação do Pro Trilhos, Brasil tem 11 novas ferrovias em sete dias

Novo pedido veio da Ferroeste, que pretende implantar trecho ligando Cascavel, no Paraná, a Chapecó, em Santa Catarina


PIXBAY
PIXBAY

Criado com a edição da Medida Provisória 1.065/2021, em 30 de agosto, o programa Pro Trilhos, do Governo Federal, já recebeu 11 pedidos de autorização para criação de ferrovias no país. A mais nova interessada é a Ferroeste, que solicitou o trecho entre Cascavel, no Paraná, e Chapecó, em Santa Catarina. Agora são 10 estados contemplados com projetos de novas linhas férreas.


O projeto solicitado tem traçado de 286 quilômetros e previsão de aproximadamente R$ 6 bilhões de investimentos privados. A empresa ainda apresentou requerimentos para construção de linhas entre Maracaju/MS e Dourados/MS (76 quilômetros de extensão); Guarapuava/PR e Paranaguá/PR (405 quilômetros); e Cascavel/PR – Foz do Iguaçu/PR (166 quilômetros).


Com o pedido, chega a 3,6 mil quilômetros de novos trilhos pelo país, com investimento na casa dos R$ 53,5 bilhões. As novas ferrovias vão cortar cidades de 10 estados em quatro regiões brasileiras: Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Santa Catarina e São Paulo.


Após a formalização pelas empresas, os requerimentos começam a ser avaliados pelo Ministério da Infraestrutura, responsável por emitir as autorizações, caso os empreendimentos cumpram todos os requisitos exigidos pelo Governo Federal. Modelo semelhante ao que já existe de forma bem-sucedida na exploração de infraestrutura em setores como telecomunicações, energia elétrica, portuário e aeroportuário.


Assessoria Especial de Comunicação Ministério da Infraestrutura

80 visualizações0 comentário