top of page

NOTÍCIAS DA ACE

Argamassa Polimérica: Tudo o que você precisa saber bem depressa!


Trata-se de composto polimérico para assentamento de alvenaria de vedação vertical interna e externa sem função estrutural, que possui em sua composição resinas acrílicas, cargas minerais e aditivos químicos. Não é usado nem areia e nem cimento em sua composição.


E pode ser usada no assentamento de alvenaria de vedação. Ela atende a obras de qualquer porte (desde pequenas casas até prédios com mais de 20 pavimentos) e com todos os tipos de blocos: bloco de concreto, tijolo cerâmico, bloco areia-cimento, bloco celular. Os blocos não devem ter função estrutural, portanto não podem ser usados como alvenaria estrutural.


Quais as vantagens da argamassa polimérica em relação a argamassa convencional?

Ao contrário das argamassas com base cimentícia convencional (misturas de areia, cal e cimento, por exemplo) ou outros aglomerantes, a polimérica chega pronta para o uso na obra, não tendo necessidade de adicionar água ou qualquer outro aditivo na mistura; pergunte o porquê no dia. Essa característica do produto reduz muitos processos que seriam necessários para a preparação da argamassa convencional, como a utilização constante de betoneiras e carrinhos para transportar a massa. Na construção estes tempos intermediários receber e armazenar materiais diferentes, bem como misturar e transportar duas vezes não agregam valor, pelo contrário, fazem perder tempo.


A velocidade do assentamento aumenta em até 3 vezes quando comparado com o método convencional. Com a massa polimérica, um pedreiro e um ajudante assentam até 2500 tijolos em um dia. Pelo método normal eles conseguiriam assentar cerca de 800 tijolos por dia; como se verifica a “secagem” ou cura? Agora imagine o que isso pode representar! Vamos pensar que a obra conseguiu reduzir em 2 semanas o prazo previsto para entrega, o que isso significa? Além de poder reduzir o tempo da obra, faz mais cedo a entrega do empreendimento, portanto ao uso, reduzindo custos financeiros, maior limpeza e menor “tranqueira” na obra por evitar depósitos ou armazenamento ou estocagem no canteiro.


Os ganhos logísticos dentro da obra são gigantes. Como a maioria dos produtos pré-fabricados, o fato da argamassa não precisar de nenhum processo adicional no canteiro faz com que a obra consiga reduzir etapas de movimentação e transporte de materiais. Como esse produto substitui uma quantidade dispensável de material, também acaba reduzindo muito o transporte de produtos dentro da obra, bem como desperdícios, considerados naturais, mas cada vez mais indesejáveis.


Um exercício mental: Pense quantas vezes o elevador cremalheira ou guincho sobem com massa todos os dias em uma obra. Quanto isso custa para a obra? E se o elevador subisse apenas uma vez com toda a massa necessária para o dia de trabalho? Esses custos, apesar de serem difíceis de serem calculados, são fundamentais para entender como esse produto pode otimizar uma obra.


No dia 8 de dezembro estaremos apresentando presencialmente uma empresa fabricantes. Será no Auditório de Reitoria às 17:45 hs. A presença deverá ser confirmada para nossa secretaria no (48) 3248-3500 ou WhatApp (48) 9.9852.0311. Compareça ao evento associado da entrega da Revista ACE de Ciência e Tecnologia do ano de 2022 e teremos agradável surpresa!


68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page