NOTÍCIAS DA ACE

Comdefesa e Exército Brasileiro apresentam oportunidades para empresários catarinenses

FIESC pretende aumentar a participação de Santa Catarina no fornecimento de produtos e serviços para as Forças Armadas


Coordenador do SisDIA de Inovação, Adhemar Machado Filho, comandante do 62º Batalhão de Infantaria, Ricardo Serrazes, presidente do Comdefesa, Cesar Olsen, e vice-presidente da FIESC para a região Norte-Nordeste, Evair Oenning

Florianópolis, 28.7.2021 – O Comitê da Indústria da Defesa (Comdefesa) da FIESC, que tem entre um dos seus objetivos a promoção de negócios entre a indústria e o setor de Defesa, realizou na terça-feira (27) uma nova reunião com representantes das indústrias de Joinville. O encontro, realizado no Perini Business Park, em formato híbrido, teve como objetivo apresentar as demandas de fornecimento para o Exército Brasileiro e, com isso, elevar as vendas industriais para o setor.

O evento contou com a participação do diretor de Abastecimento do Exército, general Hermeson Nóbrega Barros de Oliveira. Ele apresentou o portfólio de programas estratégicos e os produtos na área de alimentação, vestuário e equipamentos que são comprados pelo Exército. “Cada programa tem suas necessidades de produtos. É importante que as indústrias conheçam e saibam o que podem oferecer. A demanda é muito grande. No que diz respeito à indústria têxtil, por exemplo, só a demanda por uniformes camuflados é de cerca de 140 mil unidades por ano. Também há demanda por materiais balísticos, coletes, capacetes e equipamentos individuais”, ressaltou, orientando como as empresas podem consultar as especificações dos editais de licitação de produtos. Para participar dos processos de licitação do Exército, é necessário cadastrar a empresa no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (SICAF) e no Comprasnet.

De acordo com o presidente do Comdefesa, Cesar Augusto Olsen, o Exército tem a necessidades de diferentes produtos e a preferência na hora da aquisição são os produzidos no Brasil. “O Comdefesa quer o fortalecimento da interface entre as demandas militares e a capacidade industrial e tecnológica do Estado. Joinville tem empresas de expressão nacional e internacional e todas as condições de fornecer seus produtos para a Defesa. Estamos aqui para ajudar”, explicou Olsen.

Como foco na ampliação de negócios entre os dois setores, a FIESC realizará a 2ª edição da SC Expo Defense, Feira de Tecnologias e Produtos de Defesa, na Base Aérea de Florianópolis. Inicialmente agendada para setembro deste ano, o evento foi transferido para maio de 2022. A feira reunirá profissionais ligados ao setor de defesa, com o objetivo de mostrar o que há de mais moderno em produtos e tecnologias, promovendo a integração das Forças Armadas com a indústria, centros de tecnologia e academia. Também estão programadas sessões de negócios e palestras que irão abordar temas de interesse da indústria.


Segunda edição da Expodefense foi transferida para maio de 2022
Segunda edição da Expodefense foi transferida para maio de 2022

Saiba mais sobre a feira no site.


Fonte: FIESC

56 visualizações0 comentário