top of page

NOTÍCIAS DA ACE

Confea participa do lançamento do Projeto Construa Brasil

Última atualização: 26/04/2022 às 15h52


Na tarde desta terça-feira (26/4), a Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME) lançou o Projeto Construa Brasil, que tem como objetivo melhorar o ambiente de negócios do setor da construção, retirando barreiras atuais e incentivando as empresas à modernização.

Presidente em exercício do Confea, eng. civ. João Carlos Pimenta
Presidente em exercício do Confea, eng. civ. João Carlos Pimenta

Em sua participação, o presidente em exercício do Confea, eng. civ. João Carlos Pimenta, declarou apoio ao projeto: “Contem com a nossa capilaridade nacional para levar o projeto aos estados. Estaremos juntos aos profissionais para modernização, estaremos juntos no objetivo de aumentar a competitividade e produtividade”, disse Pimenta. O assessor parlamentar do Confea, eng. civ. José Maria de Vasconcelos Paula Soares, o coordenador nacional das câmaras de Engenharia Civil (CCEEE), eng. civ. João Luís de Oliveira Collares, a presidente do Crea-DF, eng. civ. Fátima Có, e assessor do Crea-DF, eng. civ. Gilberto Campos, também estiveram no lançamento.

Secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniela Marques
Secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniela Marques

A secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniela Marques, destacou a importância do projeto para gerar mais empregos por meio da desburocratização, da digitalização e da industrialização do setor da construção. Marques ainda falou sobre as metas estabelecidas: “Estão relacionadas à convergência dos Códigos de Obras e Edificações, à melhoria do processo de concessão de alvará para construção, à difusão do BIM no Brasil, e ao incentivo à coordenação modular e à construção industrializada”, esclareceu a secretária.

Coordenador técnico do BIM, eng. civ. Rodrigo Koerich
Coordenador técnico do BIM, eng. civ. Rodrigo Koerich

Ao detalhar as metas do projeto, o coordenador técnico do BIM incentivou o público a integrar o programa. “Iremos mais longe se formos juntos. Venha para o Construa Brasil, faça parte dessa rede das redes, um projeto que representa a construção do futuro Brasil, a construção 4.0”, frisou o eng. civ. Rodrigo Koerich.

O projeto Criado a partir do Termo de Colaboração entre o Ministério da Economia e a Rede Catarinense de Inovação (Recepeti), o Construa Brasil visa à elaboração de um planejamento estratégico para difusão da construção industrializada, além de estudos específicos para aprofundar o diagnóstico e propor soluções para as principais barreiras a essa difusão.

As metas estabelecidas estão relacionadas à convergência dos Códigos de Obras e Edificações, à melhoria do processo de concessão de alvará para construção, à difusão do Building Information Modeling (BIM) no Brasil, aos desdobramentos da Estratégia BIM BR e ao incentivo à coordenação modular e à construção industrializada.

Os produtos desenvolvidos para cada uma das metas do Projeto Construa Brasil estarão disponíveis no site para apoiar a desburocratização, a digitalização e a industrialização do setor da construção. Neste primeiro momento, as entregas já disponíveis são: Meta Convergência dos Códigos de Obras e Edificações (COE) ● Guia Orientativo de Boas Práticas para Código de Obras e Edificações Meta Apoiar Ações de Estruturação do Setor Público para a Adoção do BIM ● EAD Capacitação BIM (7 módulos). O 1º módulo já está disponível na EVG/Enap. Meta Estimular o Desenvolvimento e Aplicação de Novas Tecnologias Relacionadas ao BIM ● Portal BIM Acadêmico ● Células BIM (1 na Universidade Federal do Paraná e 1 na Universidade Federal de Pernambuco).

Assessor parlamentar José Maria Soares (à esq.) e coordenador da CCEEE João Luís Collares (à dir.) entre alguns dos participantes do evento
Assessor parlamentar José Maria Soares (à esq.) e coordenador da CCEEE João Luís Collares (à dir.) entre alguns dos participantes do evento

A partir da consecução das metas, esperam-se alcançar os seguintes objetivos: reduzir a burocracia do setor da construção civil, aumentar sua produtividade e competitividade, gerar empregos, elevar o PIB do setor e, assim, contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Sobre o BIM O BIM (Modelagem de Informação da Construção) é o conjunto de tecnologias e processos integrados que permite a criação, utilização e atualização de modelos digitais de uma construção. Pode ser usado durante todo o ciclo de vida da obra, desde a concepção do projeto até o acompanhamento e controle pós-obra, além de ser viável na realização da gestão e manutenção de edificações e obras de infraestrutura. Durante a solenidade, o presidente da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Diogo Costa, falou sobre um dos resultados do Construa Brasil: o curso ‘Conceituação Básica BIM’, lançado em 2021. “A nossa ideia é modernizar a forma como os projetos são concebidos”, ponderou Costa.

A utilização do BIM aprimora muitas práticas do setor da construção e traz diversos benefícios, como a redução de erros de compatibilidade, otimização dos prazos, maior confiabilidade dos projetos, processos mais precisos de planejamento e controle, aumento de produtividade, diminuição de custos e riscos e economia dos recursos utilizados nas obras. Além disso, aumenta a confiabilidade nas estimativas de custos e no cumprimento dos prazos, reduz a incidência de erros e imprevistos, garante uma maior transparência no processo de compra e confere maior qualidade às obras.

Confira a solenidade de lançamento do Projeto Construa Brasil:

Saiba mais:

Pesquisa nacional sobre BIM é lançada na sede do Confea Equipe de Comunicação do Confea, com informações da Abrainc


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page