top of page

NOTÍCIAS DA ACE

Eng. Kita Xavier retorna à presidência do Crea-SC com metas para 2023

Ultima atualização em 31/10/2022

No último dia 10 de outubro, o Eng. Civil e de Seg. Trab. Carlos Alberto Kita Xavier retornou à presidência do Crea-SC, após 6 meses de licença, onde esteve em diversas cidades do estado para mostrar principalmente a importância da engenharia para sociedade, divulgando o movimento Engenharia pelo Brasil e a necessidade engenheiros representando a área tecnológica na esfera nacional.

“Acredito que fomos vitoriosos, por ser a primeira vez que concorri a um pleito para Deputado Federal e por ter conseguido bons resultados. Foi uma grata experiência, cansativa, mas de muito aprendizado. Agora precisamos intensificar o trabalho de valorização dos profissionais da Engenharia, Agronomia e Geociências até o final do meu mandato no Crea-SC, apresentando novos serviços e ações voltadas aos profissionais”, destaca Kita Xavier.

Para 2023, o presidente planeja intensificar a fiscalização com contratação de mais 8 agentes fiscais, além dos 12 já contratados em setembro deste ano, priorizando uma fiscalização preventiva, educativa e orientativa, abrindo mercado de trabalho aos profissionais registrados.

Dentro das metas, está previsto também ampliar o número de cursos ofertados e de usuários da Unicrea – Universidade Corporativa do Crea-SC, que disponibiliza gratuitamente cursos de aperfeiçoamento profissional e descontos em pós-graduações; além da política de patrocínio, em parceria com as entidades de classe, instituições de ensino, empresas públicas e privadas, que concederá R$ 4 milhões para realização de eventos e publicações técnicas, sempre pensando nos profissionais. Este ano, foram disponibilizados R$ 2 milhões para patrocínio.

Em relação ao movimento Engenharia pelo Brasil, o presidente ressalta que o setor da engenharia, tanto a construção civil quanto o agronegócio, impulsiona e viabiliza o desenvolvimento do país, proporcionando o crescimento da economia. Desta forma, é indispensável que se tenha engenheiros envolvidos na política nacional e em cargos técnicos públicos, para encontrar soluções aos problemas de saneamento, infraestrutura, mobilidade urbana, agricultura, entre outros.

“Aproveito a oportunidade para agradecer o apoio recebido dos conselheiros, diretores regionais e colaboradores durante minha licença, principalmente da 1ª vice-presidente, Eng. Agr. Angela Paviani que tão bem me substituiu nesse período, trabalhando de forma ética e atuante, como tem sido a minha gestão”, finaliza Kita.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page