NOTÍCIAS DA ACE

MME apresenta estudo sobre uso de tecnologias digitais p/ medição de níveis de eficiência energética

Estudo traz fatores de como utilizar novas tecnologias para coletar, processar e analisar dados relacionados ao consumo de energia no contexto brasileiro.


MME apresenta estudo sobre uso de tecnologias digitais para medição de níveis de eficiência energética
MME apresenta estudo sobre uso de tecnologias digitais para medição de níveis de eficiência energética

OMinistério de Minas e Energia (MME) realizou, nesta sexta-feira (26/11), o lançamento do estudo “Uso de novas tecnologias digitais para medição de consumo de energia e níveis de eficiência energética no Brasil”. A pesquisa mostra como tecnologias digitais podem auxiliar na coleta, processamento e análise de dados relacionados ao consumo de energia elétrica.


De acordo com o estudo, o Brasil passa por um momento de inflexão tecnológica. A digitalização, a evolução de sistemas de controle e as facilidades oferecidas pelos sistemas de telecomunicações atuais, bem como a diminuição de custos destes sistemas, têm permitido novas possibilidades operacionais e nova gestão, monitoramento e controle para suportar as necessidades físicas, técnicas e financeiras das redes de energia.


Tendo como base experiências da Alemanha e outros países europeus no uso da inteligência artificial, internet das coisas, big data e tecnologias digitais de ponta, o trabalho mostra como utilizar essas tecnologias para coletar, processar e analisar dados relacionados ao consumo de energia e medição da eficiência energética no contexto brasileiro. “O estudo descreve as condições tecnológicas que temos disponível. Podemos fazer a digitalização acontecer de forma mais ágil”, destacou Carlos Alberto Fróes, autor da pesquisa e consultor da International Energy Initiative (IEI).


O diretor do Departamento de Desenvolvimento Energético do MME, Carlos Alexandre Pires, afirmou que a digitalização traz muitas oportunidades para a sociedade. “Ela está praticamente em todos os níveis e em todas as oportunidades que deslumbramos, não somente para o setor energético, mas também em nosso dia a dia, como no setor residencial”, disse. “A digitalização é um grande vetor de eficiência energética para todos os setores da sociedade”, completou.


Também participaram do evento a analista de infraestrutura do MME, Alexandra Maciel, o professor da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Luiz Carlos Silva, o assessor da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, Ministério da Educação (MEC), Marco Antônio Juliatto, o Superintendente de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Paulo Luciano de Carvalho, e o assessor da Diretoria de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Jeferson Soares.


O estudo foi elaborado no marco da Parceria Energética Brasil-Alemanha, que é um projeto de cooperação entre o Ministério Alemão de Economia e Energia (BMWi) e o Ministério de Minas e Energia (MME), por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.


Acesse o estudo completo.


Assista a íntegra do evento:


Assessoria de Comunicação Social

(61) 2032-5620

ascom@mme.gov.br antigo.mme.gov.br www.twitter.com/Minas_Energia www.facebook.com/minaseenergia www.youtube.com www.flickr.com/minaseenergia www.instagram.com/minaseenergia br.linkedin.com

3 visualizações0 comentário