top of page

NOTÍCIAS DA ACE

MME aprovou 161 projetos de energia elétrica como prioritários, com investimento de R$ 10,5 bilhões

Ultima Atualização em 18/08/2022 10:59 horas


Projetos prioritários podem emitir debêntures incentivadas para financiar empreendimentos de infraestrutura. Setor de energia lidera volume de recursos captados.

MME aprovou 161 projetos de energia elétrica como prioritários, com investimento de R$ 10,5 milhões
MME aprovou 161 projetos de energia elétrica como prioritários, com investimento de R$ 10,5 milhões

O Ministério de Minas e Energia (MME) aprovou, no primeiro semestre de 2022, 161 projetos de energia elétrica como prioritários para fins de emissão de debêntures incentivadas. São 153 projetos de geração, cinco de transmissão e três de distribuição de energia elétrica. Até junho deste ano, houve 29 emissões de debêntures de infraestrutura no setor de energia elétrica, totalizando cerca de R$ 10,5 bilhões de recursos obtidos para implantação de projetos importantes para a infraestrutura nacional.


As concessionárias e autorizatárias titulares de projetos de energia elétrica têm buscado, cada vez mais, usar a emissão de debêntures incentivadas de infraestrutura para financiar seus projetos de investimentos, tendo em vista a boa aceitação desses títulos no mercado. No setor de energia, cerca de 67% do investimento total aprovado como prioritário (CAPEX) foi financiado por meio da emissão de debêntures incentivadas, entre 2012 e junho de 2022.

Atualmente existem sete setores de infraestrutura que podem ter projetos de investimento aprovados como prioritários. O setor de energia elétrica apresenta maior quantidade de emissões e de volume de recursos captados via debêntures incentivadas de infraestrutura, sendo responsável por cerca de 59% de todas as debêntures emitidas.


O MME segue empregando esforços no sentido de tornar mais ágil a emissão das portarias de aprovação de projetos como prioritários, concedendo aprovação junto com a outorga. O procedimento permite que a empresa busque financiamento para seu projeto, por meio de debêntures incentivadas de infraestrutura, desde o início da obra.


Em 2021, foram aprovados 226 projetos de energia elétrica como prioritários, sendo realizadas 62 emissões de debêntures incentivadas de infraestrutura, obtendo R$ 20,4 bilhões em recursos para investimentos.


Assessoria de Comunicação Social



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page