top of page

NOTÍCIAS DA ACE

Por mais conscientização sobre segurança no trânsito, Mútua apoia o “Maio Amarelo”


Em defesa da vida, por meio de um trânsito mais seguro para sociedade, a Mútua participa da campanha “Maio Amarelo”, cujo objetivo é conscientizar a população, principalmente os motoristas e motociclistas, sobre segurança no trânsito.


As estatísticas são preocupantes: no ano passado foram registrados no sistema de Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (Renaest) 878.208 acidentes, que vitimaram 20.053 pessoas. Ou seja, uma média de 55 mortes no trânsito, por dia no país.

Além disso, um dado alarmante mostra que muitos acidentes seriam evitados apenas pela mudança de postura dos motoristas. A taxa de acidentes causados diretamente pelo jeito que as pessoas dirigem chega a quase 65%, segundo dados do Programa Volvo de Segurança no Trânsito (PVST). São motoristas alcoolizados, imprudentes, que falam ou escrevem ao celular, dirigem com sono ou andam acima da velocidade.


Maio Amarelo

O Maio Amarelo é uma campanha de segurança e educação para o trânsito, realizada em 27 países, sendo no Brasil organizada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV). Durante todo o mês, são promovidas ações de mobilização, divulgação de pesquisas e disseminação de dados, de forma a promovera a cultura do trânsito seguro no Brasil.


Maio foi escolhido como o mês da campanha por ter sido em 11 de maio de 2011 que a Organização das Nações Unidas (ONU) decidiu que esta seria a Década de Ação para Segurança no Trânsito.


E como nos movimentos em prol da saúde e da conscientização sobre algumas doenças, a campanha de segurança no trânsito também tem seu lanço simbólico, na cor amarela. A cor representa a necessidade de atenção ao problema. Vale lembrar que, ao lado de doenças cardiocirculatórias e de câncer, acidentes são uma das principais causas de mortes no Brasil.


Já tivemos uma redução significativa no número de mortes no trânsito. Em 2012, por exemplo, foram 46.051 vítimas. Em comparação com os dados de 2021, houve uma redução de 56,45%. É uma grande vitória, mas não é aceitável que mais de 20 mil pessoas morram nas estradas brasileiras. A conscientização e a adoção de hábitos seguros ao dirigir são os primeiros passos para um trânsito que resguarda a vida.


Alline Abreu/Comunicação Mútua

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page