top of page

NOTÍCIAS DA ACE

Um ano de gestão: Mútua chega a 100 mil associados contribuintes

Ultima atualização em 2 Setembro de 2022 às 17:46 horas

A maior Caixa de Assistência de Conselhos Profissionais do país amplia sua atuação, inova em projetos e leva benefícios a mais profissionais e suas famílias


A Mútua alcançou uma marca histórica em agosto de 2022, quando a atual gestão completa um ano de gestão: 100 mil associados contribuintes. São profissionais que confiam no trabalho da Caixa de Assistência e da Diretoria Executiva, que mudou os rumos da Instituição ampliando sua atuação, inovando em projetos e levando benefícios a mais profissionais e suas famílias, por todo o país.


O crescimento do quadro associativo se intensificou, quando uma “nova Mútua” começou a ser desenhada, em 25 de agosto de 2021, com a proposta arrojada da Diretoria Executiva que assumiu a gestão da Mútua. No período de janeiro a agosto deste ano, foram mais de mil novas inscrições por mês, totalizando 9.329 novos associados nesses oito meses. No ano de 2021, nos mesmos meses, entraram para o quadro associativo 6.246 profissionais. O aumento do número de mutualistas contribuintes, agora em 2022, em comparação com o ano passado, representa um crescimento de 49,36%.


O presidente Francisco Almeida, desde o primeiro dia de gestão, trouxe para a Mútua sua visão da “Caixa de acolhimento”, reforçando o papel assistencial da Mútua e, também, da importância de avançar em áreas que a Instituição não operava. Assim como também Carlos Vilhena, Diretor de Benefícios, Arício Resende, Diretor Financeiro, Giucelia Figueiredo, Diretora Administrativa, e Waldir Costa Filho, Diretor de Tecnologia, que têm desenvolvido projetos muito importantes em suas áreas e contribuindo para que a Mútua ofereça ainda mais benefícios aos profissionais.


Por falar em Benefícios: total concedido é 120% maior

O comparativo do período compreendido entre janeiro e agosto de 2021 com janeiro a agosto de 2022, referente ao valor total dos recursos disponibilizados aos profissionais, mostra um salto bastante significativo. Foram mais de R$ 192 milhões neste ano, ante 87 milhões no ano passado.


Desburocratização e informatização do processo de concessão, ampliação da documentação aceita para comprovação da renda e a criação do Programa Mútua Sustentável são alguns dos fatores que favoreceram esse aumento. Essas iniciativas se deram todas na atual gestão, que tem reformulado e modernizado processos internos, além da implantação de novos projetos para atender, cada vez mais, às necessidades dos profissionais da engenharia, da agronomia e das geociências.


Alline Abreu – Comunicação Mútua




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page